Blog de alvarovinienger


08/10/2008


Guitarristas Virtuosos

Sejam Todos Bem-Vindos
Este Blog nasceu da idéia de compartilhar informações- no mais amplo sentido que a palavra 'informação' pode vislumbrar- à respeito fundamentalmente do fabuloso mundo da música, principalmente no que diz respeito à música instrumental. Portanto, você encontrará muita coisa relacionada a guitarristas, violonistas, pianistas, bandas de rock/metal e outros.
Críticas, dúvidas e comentários são muito bem recebidos, uma vez que o local é para podermos aprender e conhecer sem preconceitos.
Em breve abrirei tópicos referentes a outros assuntos paralelos, tais como ciência/tecnologia e cultura em geral.
Haverá também tópicos com jogos de puzzles(quebra-cabeças)
Algumas notícias de relevância significativa para eventuais discussões a posteriori.
OBS: Num futuro não muito distante, publicarei aqui alguns trabalhos que fiz com guitarra e violão erudito e ,além disso, fico muito grato por ter visitado o blog e peço desculpas se houve algum erro e para isso existem as críticas que serão bem vindas.

Álvaro Vinícius


Michael Romeo

Michael James Romeo -Nova Iorque, 6 de Março de 1968- é um guitarrista americano e membro fundador da banda de metal progressivo Symphony X.





Michael Romeo começou tocando piano aos 10 anos de idade e teve aulas por algum tempo. Ele também tocou clarinete. Após ganhar um album do KISS, decidiu se tornar um guitarrista, e comprou um violão barato. Ganhou sua primeira guitarra aos 12 anos.

Influenciado por Led Zeppelin, AC/DC e Black Sabbath, ele começou a levar a sério a guitarra após ouvir os álbuns Blizzard Of Ozz e Diary Of A Madman, de Ozzy Osbourne. Randy Rhoads foi uma grande influência para ele. Neste período, ele teve aulas de violão clássico, e também voltou a ter aulas de piano.








Um vídeo do Romeo ae tocando The Damnation Game




Sea of Lies




Escrito por Alvinho às 13h16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/09/2008



Yngwie Malmsteen

Eis ae um guitarrista bastaante famoso, cujo nome é Lars Johan Yngve Lannerbäck, mas famoso por Yngwie Malmsteen. Nasceu em Estocolmo(Suécia), 30 de junho de 1963. Além disso, ficou famoso por ter sido o pioneiro do tal chamado Metal Neo-clássico, onde ele incorpou os elementos da música erudita, popularmente chamada de música clássica-como a complexidade harmônica inerente da música Barroca- Bach, Vivaldi- e outros grandes da música erudita como Paganini, Albinoni com a pegada enérgica do Rock/Heavy Metal











Quando tinha 10 anos adotou o sobrenome de sua mãe, Malmsteen, passou a dedicar todas as suas energias para a música e parou de ir para a escola. Na escola era sempre considerado "arrumador de problemas", brigava frequentemente e só ia bem nas matérias que realmente gostava: Inglês e Artes. Sua mãe, reconhecendo seus talentos musicais permitiu que ficasse em casa com seus discos e sua guitarra- que mãe hein!?uadhuasdua

Com 15 anos ele abandonou totalmente a escola e trabalhou como Luthier. Escalopou a escala de uma guitarra e trocou os trastes por super jumbo Dunlop 6000 e ficou impressionado com os resultados. Viria a aplicar isso em guitarras melhores e as usa desta forma até hoje. Começou a tocar em várias bandas e quando tinha 18 anos gravou uma demo e enviou para várias pessoas, inclusive ao fundador da gravadora Shrapnel. Terminou sendo chamado para Los Angeles para entrar na banda Steeler.






Um vídeo de Malmsteen com a Orquestra do Japão:




Like an Angel



I'll see the light tonight




Um vídeo do Malmsteen tocando Baroque and Roll -música bastante famosa dele - onde , como o próprio nome diz, nos remete a uma espécie de versão dos melhores elementos da música barroca(frases... arpeijos,contrapontos)com a pegada enérgica do Rock.





Tocando Bach:





Para os guitarristas interessados nos famosos licks eruditos de Malmsteen:





Eddie Van Halen



Numa entrevista, Jason Becker disse que jamais nenhum guitarrista de Hard/Heavy Metal superaria Eddie Van Halen.Uma coisa sei: é unânime não só entre os guitarristas a grande admiração que se tem por esse camarada.






O vídeo abaixo é uma interpretação feita por um violinista que toca uma música de Van Halen chamada Eruption. Achei muito bacana a interpretação do violinista.





Tá ae Eddie tocando Eruption:




A família Van Halen era uma família de músicos. O pai de Edward e Alex tocava clarinete, e os dois aprenderam a tocar piano desde cedo. Mais tarde, resolveram trocar o instrumento por uma guitarra e uma bateria. O curioso é que Eddie tocava bateria e Alex guitarra. Com o tempo Alex se interessou pela bateria, e logo estava tocando melhor que o irmão, que decidiu tocar guitarra. Isso tudo se deu no final dos anos 60 e início dos 70. Os irmãos faziam covers em algumas bandas, quando Eddie, que fazia os vocais nas bandas em que tocava na época, conheceu, em 1972, David Lee Roth, que havia se mudado para a Califórnia e até então fazia parte da banda The Red Ball Jets, e o convidou para ser o vocalista, e desde então começaram a tocar juntos.




Escrito por Alvinho às 14h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

20/09/2008




Jason Becker

Eis ae um guitarrista da geração Neo-clássica que aos 16 já tinha a fama de virtuoso - tocava as músicas do "Sueco voador" Yngwie Malmsteen sem grandes esforços: Jason Becker. Além disso, se deleitava ao tocar os Caprices de Nicolo Paganini - violinista do século XIX hehehehe. Confesso que sou muito fã de Jason, não só pela sua transcedental técnica, estilo e porque nasceu no dia 22 de julho(meu niver), mas por ser um exemplo de vida, pois mesmo na situação que se encontra hoje com a doença chamada ALS-Esclerose Lateral Amiotrófica- doença degenerativa e incapacitante, ainda sem cura onde o portador dessa doença perde a coordenação motora lentamente - ele continua com sua mente ativa pra compor e como disse ele uma vez: "Eu tenho amor a vida."








Jason Becker nasceu em Richmond na Califórnia no dia 22 de julho de 1969.
Gary Becker, o seu pai, estudou Violão Erudito e foi considerado um brilhante violonista e deu a seu filho uma guitarra quando ele tinha apenas 3 anos de idade. Jason Becker praticava músicas de Eric Clapton, Jeff Beck e o grande Eddie Van Halen. Além de ter tocado músicas dos citados, estudou a obra de Paganini por muitas e muitas e tome muitas nisso.. horas hehehe.


Ae está um vídeo do Becker tocando o quinto Caprice de Paganini gravado em julho de 1987.




Outro vídeo do Becker: Tocando Black Star do Yngwie Malmsteen - primeira faixa do disco Rising Force lançado em 1984- no Kennedy High school em 1986.





E por fim, irei postar o álbum Speed metal Symphony gravado pelo Cacophony, banda da dupla monstruosa Jason Becker e Marty Friedman.

Speed Metal Symphony 1987

Faixas:

1-Savage
2-Where my Fortune Lies
3-The Ninja
4-Concerto
5-Burn the ground
6-Desert Island
7-Speed Metal Symphony

Obs: as faixas 1,3 e 6 são composições do Friedman.
Para quem quer ampliar seus conceitos musicais, é uma oportunidade ouvir esse álbum. Nele se nota de cara harmonias e melodias orientais.


Esse álbum do Cacophony é um dos meus favoritos!



* Peter Marrino - Vocals
* Jason Becker - Guitar
* Marty Friedman - Guitar, Bass
* Atma Anur - Drums



Uma música bem famosa do Becker: Serrana. Vale a pena ver esse vídeo pra perceber o nível técnico que se encotrava esse guitarrista dos EUA. Os "arpeggios" dela nos remetem a uma percepção da "marca registrada" de Becker, seu fraseado cheio de arpeijos; característica típico do neo-clássico.

Escrito por Alvinho às 10h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Patrick Rondat


Guitarrista francês famoso por tocar Heavy Metal com diversas influências como New Age e música clássica.




Um vídeo de Rondat tocando Tribute to Vivaldi. É uma "versão" de uma peça de Vivaldi que faz parte da famosa " As quatro estações".






Alex Masi
Guitar Virtuose/Instrumental/Shred/Neo-classical Metal




Escrito por Alvinho às 01h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Alex Masi

Escrito por Alvinho às 01h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

"In the name of the Bach": Obra prima do guitarrista italiano nascido em Veneza que mostrou na referida obra o seu monumental conhecimento e interpretação da música barroca. Ele transcreveu várias músicas de Bach para a guitarra elétrica nesse seu trabalho.



Com o renomado guitarrista europeu D'mato, Alex Masi aprendeu a tocar violão clássico mas sem deixar o seu gosto pelo rock. Com o passar do tempo, ele foi percebendo a conexão que existe entre os melhores elementos do Rock e a música erudita, e foi descobrindo bandas como Genesis, Yes, Jethro Tull e Gentle Giant.
Estudou no conservatório de Veneza e durante esse anos de estudo, ele aprendeu elementos de composições, teoria, harmonia. Depois de ser graduado no referido conservatório, ele foi professor de música por vários anos.





Em 1987 houve o lançamento de seu primeiro álbum solo cujo título é "Fire in the Rain". Depois de uma turnê com as bandas Slayer ,BOC, Triumph, Hurricane e Joe Satriani, ele decidiu gravar “Attack of the Neon Shark” que contou com várias participações, incluindo Allan Holdsworth.
Em 1989, Alex foi indicado para um Grammy com a categoria de melhor álbum de rock instrumental. Ao se passar dos anos, já no começo dos anos 90, ele deu um tempo na sua cena metálica e começou a estudar Jazz e clássico(principalmente a música barroca).Daí surgiu a idéia de gravar "In the name of the Bach", cujas faixas são:

1-Chromatic Fantasia BWV 903
2-Prelude in G Major from Well Tempered Clavier BWV 870
3-Allemande from French Suite in D minor BWV 812
4-Toccata in E Minor BWV 565
5-Presto from violin Sonata # 1 in G minor BWV 1001
6-Fugue in E Major from Well tempered Clavier Bwv 898
7-Contrapuntus # 9 Alla Duodecima from Art Fugue BWV 1080
8-Siciliano in c minor from sonatas for violin & Harpsichord
9-Courante from English Suite in A minor BWV 807
10-Invetion F Major BWV 779
11-Allemande from Violin partita # 2 BWV 1004
12- Courante in E Minor BWV 996
13-Toccata & Fugue in D minor BWV 565

http://depositfiles.com/files

Esse foi um tipo de álbum do qual gostei de TODAS as faixas!As mais -digamos assim- "populares" músicas de Bach que se encontram no referido álbum são a Fantasia Cromática BWV 903 e a Toccata in D menor BWV 565. O arranjo delas não exige comentários por mais que seu senso crítico seja "sarado", pois a forma com que foram interpretadas está fora de especulações.






Tony MacAlpine

Mais um grande guitarrista estadunidense e um excepcional tecladista também, famoso pelo álbum de 1986 Project Driver e de pérolas como Tears of Sahara, mostrando dessa maneira ao público a simbiose perfeita entre o feeling e o aparato técnico guitarrístico.




Está ae um vídeo do Tony MacAlpine tocando uma música bastante conhecida dele: Tears of Sahara




Um dia estava navegando pelo tube ae me deparei com esse vídeo: uma interpretação da música Teras of Sahara com dois violinos. Não achei o vídeo essas coisas toda- não por causa da técnica violinística dos executantes, mas pelo processo de gravação- mas dá pra sentir que um arranjo pra violino ficaria muito bacana pra essa música.Não acha?Se está em dúvida, dá uma sacada aew(até pq só se tem dúvida de algo quando se experimenta e não quando nunca experimentou. hehehe)









Michael Angelo Batio









Embora seja "louco" uahsduaduh devido a sua criação genuína- uma guitarra de quatro braços na qual toca nas mais variadas formas possíveis e existentes- é um p..... de um guitarrista. Bastante influenciado pelo neo-classicismo também e, além disso, é muito famoso pela sua palhetada a "1000Hz" hasuhdadha. Foi integrante de uma banda chamda Nitro, cujo ideal era mostrar os extremos: um vocalista com um vocal que conseguisse quebrar taças hasuhdusa, um guitarista que quebrasse a lei física de que existe algo mais rápido que a velocidade da luz,um baterista ultra rápido, enfim.







Um vídeo ae do Batio. Confesso que é um pouco comédia esse vídeo mas, após fazer alguns exercícios a 180Bpm, ele começa a tocar uma música chamada No Boundaries. Gosto pra caramba dessa música!
OBS: A música No Boundaries é dele mesmo!





Outro vídeo do Michael Angelo. Muito legal também pois nele você nota o seu verdadero estilo, sua versatilidade e outros aspectos.


Escrito por Alvinho às 00h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico